O Projeto Regiões para a Integração de Migrantes e Refugiados – REGIN foi criado para incluir a integração de migrantes e de refugiados nas políticas de coesão social ao nível regional, com a definição de um quadro comum para facilitar, orientar e melhorar o desempenho das regiões através de ferramentas inovadoras.

Este projeto, co-financiado pela União Europeia (DG HOME) ao abrigo do programa Fundo Europeu de Asilo, Migração e Integração (AMIF), é coordenado pela CRPM como líder de um consórcio composto por 10 parceiros e é implementado em 6 regiões europeias.

Brochura do Projeto

Para obter impacto a longo prazo, devido à cobertura geográfica do projeto e tendo em conta as competências regionais e os desafios de governança multinível, o REGIN visa:

  • Definir uma rede com autoridades regionais para cooperar na integração de migrantes para discutir, aprender reciprocamente e partilhar políticas e práticas de integração;
  • Dar voz às regiões e salientar o seu papel crucial na inclusão social, bem como na promoção de interações entre pessoas recém-chegadas e sociedades de acolhimento;
  • Identificar indicadores de integração para melhorar o rigor e a inovação das políticas e dos resultados das autoridades regionais, através de investigação com base em dados comprovados e de uma abordagem comparativa;
  • Desenvolver um conjunto de ferramentas que facilite a adaptabilidade e a sustentabilidade de ações de integração através do envolvimento das partes interessadas multilaterais, da criação de capacidades, da formação e da divulgação.

Os nossos parceiros

Regiões / Administrações públicas
Conferência das Regiões Periféricas Marítimas da Europa – CRPM

A Conferência das Regiões Periféricas Marítimas (CRPM) atua como um grupo de reflexão e lobby representando mais de 150 autoridades regionais de 24 países de toda a Europa e não só. Organizada em comissões geográficas, a CRPM trabalha para assegurar um desenvolvimento territorial equilibrado no centro da União Europeia e das suas políticas. As suas principais áreas de trabalho são a política de coesão, transportes, marítima e pescas, clima e energia, e migração.


CRPM NO REGIN

Como coordenadora do REGIN, a CRPM assegura a gestão geral do projeto de acordo com o plano de trabalho definido, o calendário de entregas e as obrigações contratuais. Define as atividades, papéis e responsabilidades dos co-beneficiários e é responsável pela monitorização e avaliação das atividades e dos resultados do projeto. Também tem a responsabilidade da comunicação, divulgação e capitalização do projeto através da rede dos seus próprios membros e mais além, bem como do desenvolvimento de uma base de dados de práticas e experiências regionais e de um mapa interativo associado para salientar o processo de aprendizagem do desenvolvimento de ações e de instrumentos para promover a inclusão e a integração em regiões europeias

Presidencia Do Governo Regional Dos Açores – AZORES

A ação da Direção Regional das Comunidades sob a Presidência do Governo dos Açores baseia-se no duplo aspeto da preservação da identidade cultural e da integração das comunidades imigrantes, emigradas e de regresso. Para além de prestar serviços públicos a estas populações, promove o diálogo entre as comunidades imigrantes e emigradas e os seus representantes e incentiva a sua participação cívica e política nas sociedades em que vivem.


AZORES NO REGIN

Como um dos seis parceiros regionais, os Açores testarão as ferramentas e instrumentos desenvolvidos no âmbito do REGIN. Informarão e trabalharão com funcionários públicos e partes interessadas para compreender o papel fundamental da integração na provisão de coesão social (sessões de formação e capacitação) e promoverão e facilitarão atividades interativas para fomentar a inclusão.

REGIONE CAMPANIA

A integração de migrantes na Região da Campânia é gerida através da Direção Geral de Políticas Sociais e de Bem Estar Social. A Direção centra-se em particular nas políticas para promover a integração de imigrantes extracomunitários no mercado de trabalho.


CAMPANIA NO REGIN

Como um dos seis parceiros regionais, Campania testará as ferramentas e instrumentos desenvolvidos no âmbito do REGIN. Informarão e trabalharão com funcionários públicos e partes interessadas para compreender o papel fundamental da integração na provisão de coesão social (sessões de formação e capacitação) e promoverão e facilitarão atividades interativas e inovadoras para fomentar a inclusão.

Departament de Treball, Afers Socials i Families generalitat de Catalunya – CATALUNHA

O Departamento do Trabalho, Assuntos Sociais e Famílias é a entidade responsável pela gestão da migração do Governo catalão através da Secretaria para a Igualdade, Migração e Cidadania. Uma abordagem transversal, consenso, coordenação intergovernamental, cooperação interadministrativa e diálogo com a sociedade civil são as principais características desta gestão que se concentra tanto no acolhimento inicial dos migrantes como na inclusão e participação na sociedade catalã como suas pedras angulares fundamentais.


CATALONIA NO REGIN

Como um dos seis parceiros regionais, Catalunha testará as ferramentas e instrumentos desenvolvidos no âmbito do REGIN. Informarão e trabalharão com funcionários públicos e partes interessadas para compreender o papel fundamental da integração na provisão de coesão social (sessões de formação e capacitação) e promoverão e facilitarão atividades interativas e inovadoras para fomentar a inclusão. Em colaboração com o CIDOB e o MPG, também coordenará o trabalho sobre indicadores com os outros parceiros regionais.

REGIÓN DE MURCIA

A Direção Geral dos Serviços Sociais e Relações com o Terceiro Setor sob a tutela do Ministério Regional da Mulher, Igualdade, Família e Política Social é a entidade responsável pelo desenvolvimento das políticas da Região de Múrcia para a promoção e integração de migrantes. O seu trabalho inclui a preparação, monitorização e avaliação de Planos e Programas relacionados com a Imigração, bem como competências na área dos serviços sociais e do voluntariado. A abordagem estratégica da Região de Múrcia baseia-se na coordenação entre os níveis nacional, regional e local e as ONG para uma ação eficaz no acolhimento e integração de migrantes e refugiados.


MURCIA NO REGIN

Como um dos seis parceiros regionais, a Região de Múrcia contribuirá para a definição e testes das ferramentas e dos instrumentos desenvolvidos no âmbito do REGIN. Informarão e trabalharão com funcionários públicos e partes interessadas para compreender o papel fundamental da integração na provisão de coesão social (sessões de formação e capacitação) e promoverão e facilitarão atividades interativas e inovadoras para fomentar a inclusão.

REGIONE PUGLIA

A Divisão de Segurança de Cidadãos, Migração e Políticas Sociais Anti-Máfia da Presidência Regional elabora os planos trienais para as políticas de migração. Supervisiona e coordena as atividades da Região da Apúlia relacionadas com políticas de acolhimento, assistência social e cuidados de saúde, integração e formação para as populações migrantes.


PUGLIA NO REGIN

Como um dos seis parceiros regionais, Puglia testará as ferramentas e instrumentos desenvolvidos no âmbito do REGIN. Informarão e trabalharão com funcionários públicos e partes interessadas para compreender o papel fundamental da integração na provisão de coesão social (sessões de formação e capacitação) e promoverão e facilitarão atividades interativas e inovadoras para fomentar a inclusão. Em colaboração com a CRPM também coordenará a seleção de práticas e experiências regionais para uma base de dados e mapa interativo associado para salientar o processo de aprendizagem do desenvolvimento de ações e de instrumentos para promover a inclusão e a integração em regiões europeias.

LANSSTYRELSEN SKÅNE – ESCÂNIA

O Conselho de Administração do Condado da Escânia (Lansstyrelsen) tem a missão de promover a capacidade e a preparação para o acolhimento de migrantes recém-chegados. Conduz o seu trabalho através de um modelo chamado Partnership Skåne que reúne o Conselho Administrativo do Condado da Escânia, Serviço Público de Emprego, municípios, universidades e organizações da sociedade civil. Partnership Skåne funciona como um quadro de cooperação intersectorial abrangente e desenvolvimento metodológico de apoio à integração de migrantes e refugiados na região, com ênfase na saúde, participação e empoderamento.


SKÅNE NO REGIN

Além de contribuir para as ferramentas e instrumentos do REGIN, Skåne terá a seu cargo a realização de um banco de ensaio em colaboração com ONG parceiras integrado no seu desenvolvimento de método anterior e atual relativo a igualdade na saúde e inclusão social. O banco de ensaio consistirá de um serviço de aconselhamento que presta apoio holístico a migrantes recém-chegados e de um plano de apoio adaptado a necessidades individuais para obter integração, apoio psicossocial e empoderamento.

Parceiros técnicos
Centro de Assuntos Internacionais de Barcelona – CIBOD

O CIBOD é um centro de investigação de assuntos internacionais que, através da excelência e da relevância, procura analisar as questões globais que afetam as dinâmicas políticas, sociais e de governação, desde o nível internacional até ao nível local. O CIBOD promove a inovação na análise da política global e aborda a migração a partir de uma perspetiva tripla: como tema de politização nos debates públicos, como objeto de política pública e em relação às suas formas de governação


CIDOB NO REGIN

Em colaboração com o MPG, a Instrategies e a Catalunha, o CIDOB desenvolverá um conjunto de indicadores concebidos para avaliar a eficácia das políticas e dos resultados de integração ao nível regional e criará um índice baseado na metodologia do MIPEX já existente ao nível nacional. Também estarão envolvidos na elaboração de resumos e relatórios de política.

INCLUSIVE STRATEGIES SL

A Instrategies é um think & do especializado em assuntos europeus e internacionais, centrado na mobilidade, migração e gestão da diversidade. Realiza investigação e oferece apoio estratégico a instituições, empresas e organizações que queiram desenvolver políticas, estratégias e projetos relacionados com estes campos e otimizar a sua presença europeia e internacional.


STRATEGIES IN REGIN

A Instrategies é responsável pelo desenvolvimento de um conjunto de ferramentas regionais para promover a integração e a inclusão. Isto inclui um quadro de avaliação de política, formação para pessoal regional e criação de capacidades das partes interessadas. A Instrategies também contribuirá para o desenvolvimento e análise de indicadores de resultados e será responsável pela coordenação de atividades de comunicação e divulgação em colaboração com a CRPM.

Migration Policy Group – MPG

O Migration Policy Group (Grupo de Política de Migração) é um grupo de reflexão e ação independente sediado em Bruxelas. O objetivo do MPG está assente na sua capacidade de inspirar redes para fornecerem projetos baseados em provas, investigação e campanhas nas áreas de integração, migração e antidiscriminação.


MPG IN REGIN

Em colaboração com o CIDOB, a Instrategies e a Catalunha, o MPG desenvolverá um conjunto de indicadores concebidos para avaliar a eficácia das políticas e dos resultados de integração ao nível regional e criará um índice baseado na metodologia do MIPEX já existente ao nível nacional. Também estarão envolvidos na elaboração de resumos e relatórios de política.

Parceiros associados
Associated Partners

Os Parceiros associados do REGIN participam na disseminação e capitalização dos resultados do projeto, e são os seguintes:

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this. more information

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close